A multinacional alemã Volkswagen, a primeira fabricante de automóveis a entrar na China em 1984 vai chamar mais 3.863 à revisão devido a problemas na caixa de velocidades que já obrigaram a companhia a rever 384.181 veículos.

De acordo com uma notícia do diário Shanghai Daily, à revisão anterior anunciada em março e efetuada desde abril é necessário juntar mais 3.863 carros importados para a China por duas filiais da Vokswagen no gigante asiático.

Entre os modelos a rever estão os Volkswagen Scirocco 1.4TSI, Golf Variant e Cross Golf e os Audi A1 1.4T e Audi A3 1.4T e 1.8T.

O pedido para a revisão gratuita foi feito à Volkswagen pela Administração geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena da China, um organismo estatal, depois de a 15 de março a estação de televisão oficial ter denunciado o problema na caixa de velocidades automática destes modelos.

O sistema da caixa é eletrónico utilizado nos modelos mais populares da Volkswagen e que segundo a televisão chinesa, algumas vezes produz um ruído estranho na mudança da velocidade seguido de uma perda repentina de velocidade de aceleração, o que pode provocar perigo na estrada.