O presidente do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, voltou esta quarta-feira a assegurar que o valor contemplado na oferta não vinculativa que apresentou para a compra do Novo Banco é superior a dois mil milhões de euros.

"Quanto ao preço do Novo Banco, como não conheço as outras propostas, não sei se estou mais alto ou mais baixo em termos de proposta. Mas o seu número [proposta abaixo dos dois mil milhões de euros] está errado", afirmou hoje o gestor durante a apresentação dos resultados trimestrais da entidade.


O responsável, tal como havia feito recentemente, contrariou assim as notícias que circularam na comunicação social sobre o valor da oferta do Santander Totta, que apontavam para que a instituição liderada por Vieira Monteiro tinha apresentado a oferta mais baixa entre os cinco candidatos que passaram para a terceira fase do concurso de venda do Novo Banco.

O banco Santander Totta lucrou 54 milhões de euros nos primeiros três meses do ano.