O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, ganhou 385.860 euros em 2015, 1,64% mais do que no ano anterior, indicou a instituição no seu relatório anual publicado hoje.

A remuneração base de Vítor Constâncio, vice-presidente do BCE, foi de 330.744 euros, também um aumento de 1,64% em relação a 2014, precisou o BCE.

No total, a remuneração base do conselho executivo do BCE foi de 1.819.020 euros em 2015, quando tinha sido de 1.776.789 euros em 2014.