O Sindicato Nacional dos Trabalhadores Correios e Telecomunicações (SNTCT) propôs à administração dos CTT aumentos salariais de 4%, com uma subida mínima de 40 euros, divulgou hoje a estrutura sindical.

Na carta enviada hoje ao presidente da Comissão Executiva dos CTT, O SNTCT apresenta "uma proposta de aumentos salariais com efeitos a 1 de janeiro de 2018", na qual propõe que os trabalhadores "tenham um aumento de 4%, com um limite mínimo de 40 euros".

O SNTCT adianta que esta "é uma mera proposta de revisão da convenção, não sendo uma denúncia, não determinando por isso a aplicação do regime sobre vigência e caducidade".

Proposta surge numa altura em que os Correios estão a passar por um forte processo de reestruturação que vai levar ao despedimento de mais 800 colaboradores em encerramento de 22 estações.