O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, teve um salário base de 378.240 euros em 2013 e o vice-presidente, Vítor Constâncio, ganhou 324.216 euros, um aumento de 1% em relação a 2012.

As remunerações foram divulgadas nas contas anuais de 2013 do BCE publicadas hoje.

No total, a remuneração base do Conselho Executivo do BCE foi de 1,8 milhão de euros, face aos 1,6 milhão de euros de 2012.

Os elementos deste Conselho recebem um salário base e subsídios adicionais para residência e representação.