Amílcar Morais Pires abandonou a administração do Banco Espírito Santo, um dia após a entrada em funções do novo presidente executivo, Vítor Bento.

A nova equipa de gestão do BES entrou em funções na última segunda-feira após uma reunião extraordinária do conselho de administração do banco que teve lugar ao início da noite do último domingo.

A reunião, que durou cerca de uma hora, foi convocada com caráter de urgência por indicação do Banco de Portugal.

O Banco Espírito Santo comunicou, na última segunda-feira, ao mercado a cooptação de Vítor Bento, José Honório e João Moreira Rato para os cargos de presidente, vice-presidente da comissão executiva e administrador financeiro da instituição, respetivamente.

A nova gestão terá ainda de ser confirmada pelos acionistas do BES na assembleia geral marcada para 31 de julho e também de ser aprovada pelo Banco de Portugal.

Nas últimas semanas, foram tornados públicos vários problemas no Grupo Espírito Santo (GES), a que se juntam alterações na gestão do BES, com a saída do líder histórico do banco, Ricardo Salgado.