A petrolífera russa Gazprom anunciou esta segunda-feira que retomou o fornecimento de gás à Ucrânia, que estava suspenso desde julho passado.

Em comunicado, a Gazprom anunciou que o fornecimento foi reiniciado esta segunda-feira de manhã depois de a Rússia ter recebido um pré-pagamento da Ucrânia de 234 milhões de dólares, cerca de 205 milhões de euros.

O retomar do fornecimento de gás acontece duas semanas depois de um acordo feito entre a Rússia e a Ucrânia, mediado pela União Europeia.

Recorde-se que, do gás natural importado pela UE, 80 por cento é russo e atravessa a Ucrânia.