O banco central da Rússia anunciou esta quarta-feira uma série de medidas destinadas a «apoiar a estabilidade do sistema financeiro», após uma forte desvalorização do rublo no início da semana.

Esta lista de sete medidas técnicas visa, em particular, facilitar o acesso a divisas estrangeiras e proteger os bancos de perdas que podem fragilizá-los.

O banco central indicou também que vai trabalhar com o Governo na recapitalização de vários estabelecimentos em 2015, uma medida já antecipada na terça-feira pelo ministro da Economia, Alexei Ulyukayev.

Na segunda-feira, o rublo teve uma desvalorização de quase de 10%, sem precedentes desde a crise financeira de 1998, e na terça-feira continuou a cair, apesar de o banco central da Rússia ter anunciado na segunda-feira à noite um aumento da sua taxa diretora de 10,5% para 17%.

Esta quarta-feira, a moeda russa tem vindo a recuperar: às 15:05 (hora de Lisboa), o dólar valia 61,14 rublos contra 67,88 na véspera e o euro valia 76,56 rublos contra 85,15 rublos na terça-feira.