A TAP garantiu esta quarta-feira, em comunicado, que o voo noturno que liga Lisboa ao Porto vai manter-se em funcionamento.

A Câmara do Porto batia-se pela reversão da suspensão deste voo das 22:25 que, a partir de abril, deixaria de funcionar. Ao telefone, a companhia aérea garantia que o voo ia manter-se nos horários de verão. Mas a verdade é que a TVI tentou comprar uma passagem no site da TAP, para maio, e o voo já não constava dos horários.

O autarca portuense que abriu guerra à transportadora por esta ter decidido suprimir quatro ligações a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro para a Europa, disse esta quarta-feira, em reunião de câmara que pondera lançar um boicote à companhia aérea. Rui Moreira ameaçou fazer uma campanha na região Norte para que os passageiros deixem de viajar na TAP.

Foi só durante a tarde que a TAP emitiu um comunicado com os horários da ponte aérea entre o Porto e a capital, com mais dois do que tinha anunciado em janeiro - e com o último voo da noite na escala da transportadora, com partida às 22:25 da capital. Um voo procurado por mais de 45 mil passageiros por ano e que permite que haja uma ligação entre a Portela e o aeroporto Francisco Sá Carneiro para que quem chega a Lisboa vindo de outras partes do mundo não tenha de pernoitar na capital.

A denúncia do autarca permitiu que esclarecer que, de facto, o voo não será suprimido - apesar de a indicação no site e no call centre da transportadora. Mas as ligações internacionais a partir do Porto para Roma, Milão, Bruxelas, Barcelona e o último voo da noite para Londres vão continuar suspensas, apesar de terem transportado 190 mil passageiros só em 2015.

A Câmara do Porto considerou uma “pequena vitória” que a TAP mantenha o voo noturno de Lisboa mas mantém as críticas à estratégia do atual conselho de administração da empresa.

“É uma pequena vitória porque recuperámos um voo que a TAP tinha suprimido”, assinalou o gabinete de comunicação depois de conhecidos os horários da ponte aérea Porto/Lisboa que a transportadora pretende lançar no final de março.