O Governo reviu em alta as despesas com o pessoal e contribuições sociais inscritas no Orçamento do Estado para 2016, confirmou a TVI.

Numa nota explicativa entregue à Unidade Técnica de Apoio Orçamental e ao Conselho de Finanças Públicas, o Ministério das Finanças esclarece que as “as despesas com pessoal deverão aumentar 357 milhões de euros face a 2015” (mais 1,8%). Nas contribuições sociais “perspetiva-se um crescimento de 3,1% face a 2015” (637 milhões de euros).

Apesar da correção, mantém-se a meta do défice em 2,2%, assim como o saldo das Administrações Públicas em contabilidade nacional.

“A revisão identificada não tem reflexos nas dotações orçamentais previstas para a receita e a despesa”, diz a nota.