Representantes de cinco sindicatos e da Comissão dos Trabalhadores da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) estão, a seu pedido, reunidos de urgência com a direção da empresa, depois de duas horas de espera nas suas instalações, no Porto.

Em declarações à Lusa, o coordenador da Comissão dos Trabalhadores da STCP, Pedro Silva, explicou que, depois de terem tido hoje conhecimento de que deviam estar cinco autocarros a circular na linha de Contumil (carreira 402) e só estavam dois, querem explicações da STCP.

Pedro Silva disse que a população, em forma de protesto, terá bloqueado os autocarros em Contumil, obrigando a intervenção policial.

«O objetivo é falar sobre a problemática da falta de efetivos e da redução de autocarros na rua», disse.

Além de membros da Comissão dos Trabalhadores da STCP, estão o Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM), a Associação Sindical de Motoristas de Transportes Coletivos do Porto (SMTP), o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários do Norte (STRUN), o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes (SITRA) e o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes da Área Metropolitana do Porto (STTAMP).