O Grupo Montepio teve prejuízos de 145 milhões de euros em 2014, segundo as contas consolidadas do ano passado publicadas no seu portal na Internet, abaixo dos 336 milhões de euros registados no ano anterior.

Segundo o Montepio, este resultado negativo “espelha os efeitos do difícil contexto sobre o nível e as condições da atividade, que traduziram um acentuado e extraordinário esforço prudencial, manifesto no reforço de imparidades e provisões, com impacto no desempenho global”.

As imparidades e provisões ascenderam o ano passado a um valor consolidado de 686 milhões de euros, mais 67,7% ou 277 milhões do que o valor registado em 2013.