Os lucros da Goldman Sachs duplicaram no segundo trimestre deste ano, face ao período homólogo, para 1,93 mil milhões de dólares (1,5 mil milhões de euros), anunciou o banco norte-americano.

Os resultados, de 3,70 dólares por ação, saíram acima da média de estimativas de 27 analistas calculada pela agência Bloomberg, que apontava para um lucro líquido de 2,89 dólares por ação.

As receitas totais da Goldman Sachs cresceram 30 por cento, para 8,61 mil milhões de dólares.

A unidade de banca de investimento registou uma subida de 29 por cento nas receitas, para 1,55 mil milhões de dólares, impulsionadas por comissões de subscrição de dívida a nível recorde.