O Banco de Portugal obteve lucros de 304 milhões de euros em 2014, um aumento de 20,2% (51 milhões de euros) face aos resultados líquidos de 2013.

De acordo com o Relatório de Atividade e Contas de 2014, a instituição distribuiu 243 milhões de euros em dividendos, mais 41 milhões do que no ano anterior, sendo o dividendo líquido de IRC (Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Coletivas) de 191 milhões de euros.

Este valor de dividendos a distribuir relativamente ao exercício de 2014 está acima do montante médio entre 2007 e 2014, uma vez que, naquele período, foram distribuídos 196 milhões de euros por ano, em média.

O desempenho, diz o BdP, deve-se essencialmente ao acréscimo dos resultados realizados em operações financeiras e a redução dos prejuízos não realizados.