O presidente da Reserva Federal de Nova Iorque, William Dudley, afirmou esta quinta-feira ue o banco central norte-americano ainda pode aumentar as taxas de juro este ano, se os dados económicos estiverem em linha com as previsões.

Dudley, membro do comité de política monetária da Reserva Federal (Fed), disse também que os dados mais recentes apontam para um abrandamento do crescimento económico nos Estados Unidos.

"Mas ainda serão divulgados muitos dados até ao final do ano", acrescentou Dudley, que falava em Washington.

Os pedidos semanais de subsídio de desemprego nos Estados Unidos recuaram para o nível mais baixo de 42 anos na semana passada, de acordo com dados publicados esta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho. 

Recorde-se que os dados do desemprego são dos mais importantes barómetros para a Reserva Federal norte-americana. Aliás, este era o relatório que a FeD esperava e que pode levar a que suba a taxa de juro já no dia 16 ou 17. 

As taxas de juro não são atualizadas desde 2006.