O rendimento das famílias aumentou, no segundo trimestre de 2017, para os 0,7% na zona euro e os 0,9% na União Europeia (UE), e o consumo doméstico cresceu 0,6% e 0,5%, respetivamente, segundo o Eurostat.

De acordo com o gabinete de estatísticas da UE, na zona euro, o rendimento das famílias por habitante subiu 0,7%, valor que compara com os 0,1% homólogos e os 0,1% do primeiro trimestre do ano.

O consumo doméstico acelerou 0,6%, face aos 0,1% homólogos e aos 0,2% nos primeiros três meses do ano.

Na UE, entre abril e junho, o rendimento dos agregados familiares subiu 0,9%, depois de uma quebra de 0,1% homóloga e de 0,4% no primeiro trimestre.

O consumo doméstico por habitante cresceu 0,5% no segundo trimestre, face aos 0,3% homólogos e depois de se ter mantido estável entre janeiro e março.