O rendimento real per capita do agregado familiar na zona euro aumentou 0,1% no segundo trimestre de 2015, face ao período homólogo de 2014, e depois de ter crescido 0,9% entre janeiro e março, divulgou esta quarta-feira o Eurostat.

Ainda segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, o consumo per capita das famílias estabilizou entre abril e junho, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, tendo aumentado 0,8% no primeiro trimestre de 2015.

Já no que respeita o conjunto dos 28 Estados-membros, o rendimento do agregado familiar caiu 0,1% no segundo trimestre de 2015, na comparação homóloga.