O construtor automóvel Renault vai chamar à revisão na Europa 10 mil unidades do modelo elétrico Zoe devido a um problema na montagem de uma roda, noticiou a agência Efe, citando fonte da marca francesa.

Os veículos foram fabricados até ao passado dia 6 de outubro e os proprietários serão contactados pela marca para uma revisão gratuita.

Um porta-voz da filial espanhola da Renault explicou à Efe que se trata de um problema que não afeta a segurança do veículo.

Segundo o jornal espanhol El Mundo, os veículos em causa foram fabricados em Flins, França. 

A intervenção consiste na inspeção da posição da roda e na substituição do travão dianteiro naqueles veículos em que esteja realmente mal colocado. A correção pode levar entre 15 minutos a quatro horas, nos casos em que seja necessário trocar alguma peça.

Ainda de acordo com o El Mundo, a Renault irá enviar uma carta aos clientes afetados e, nos casos em que seja necessário a troca de peças, a empresa vai disponibilizar um veículo de substituição para causar o mínimo de danos para o cliente.