O consumo de eletricidade aumentou em fevereiro, em relação a igual período de 2013, e a produção a partir de fontes renováveis abasteceu 84% do consumo nacional, segundo dados da REN.

Em fevereiro, o consumo de energia elétrica registou um crescimento homólogo de 3,5%, que se limita a 2,4% com correção dos efeitos de temperatura e número de dias úteis. Em janeiro, o consumo de energia elétrica tinha aumentado 2,2% em termos homólogos (1,5% com correção dos efeitos de temperatura e número de dias úteis).

No conjunto dos dois primeiros meses deste ano, o consumo aumentou 2,8%, ou 2% com correção dos efeitos de temperatura e número de dias úteis.

Em fevereiro, 84% do consumo foi abastecido com produção a partir de fontes de energia renováveis.

Juntando janeiro e fevereiro, o conjunto da produção renovável abasteceu perto de 81% do consumo (hídrica 46%, eólica 30%, biomassa 4% e fotovoltaica 0.5%), enquanto a produção a carvão e a gás natural abasteceram 9% em ambos os casos.

Nos dois primeiros meses de 2014, o saldo de trocas com o estrangeiro foi exportador e totalizou 1437 GWh (Gigawatt hora), representando 16% do consumo.

Em 2013, o consumo da eletricidade aumentou 0,2%, após dois anos consecutivos em queda, ainda que tenha apresentado uma variação nula se corrigido dos efeitos da temperatura e do número de dias úteis.