A Vodafone vai deixar de cobrar roaming para quem viaja na Europa. Para isso, os clientes terão de mudar para um novo tarifário.

As chamadas, SMS e Internet ficam assim incluídas no pacote nacional do Vodafone Red, o tal tarifário.

No site da operadora, pode ler-se que o serviço inclui 200 MB de Internet, sendo que está "limitado a uma utilização em roaming de 15 dias por ano".

A medida teve direito a uma campanha intitulada "Power aos viajantes", numa decisão que antecipa em mais de um ano o fim do roaming decidido pela Comissão Europeia.

As regras definidas pela Comissão Europeia ditam que, ainda em 2016, o preço das chamadas em roaming seja reduzido cerca de 77%, passando dos atuais cinco cêntimos por minuto para 1,14 cêntimos por minuto. O preço das chamadas feitas em roaming passa a ser o preço praticado no país de origem do consumidor, acrescido de uma sobretaxa de cinco cêntimos. O mesmo se aplica ao tráfego de dados, ao qual serão acrescidos cinco cêntimos por megabite. No caso dos SMS – mensagens de texto – o preço vai ser também o aplicado no mercado doméstico acrescido de uma taxa de dois cêntimos. 

As novas regras entram em vigor no dia 30 de abril de 2016 e permanecem até 15 de junho de 2017. Depois disso, aí sim, não será cobrada qualquer taxa adicional a um cliente que esteja em qualquer país da Europa. Ou seja, as chamas em roaming, o envio de SMS ou a utilização do serviço de dados vão custar apenas o preço retalhista doméstico.