A Deco recebeu mais de 500 mil queixas em 2013, mais 15% que no ano anterior, e o setor que registou mais reclamações voltou a ser o das telecomunicações, anunciou hoje a associação.

Das 501.744 queixas à associação de defesa do consumidor Deco, que incluem pedidos de informação, denúncias e processos de mediação, as telecomunicações foram alvo do maior número de reclamações (54.440) dos consumidores, nomeadamente por causa da TDT (televisão digital terrestre).

Os serviços financeiros situaram-se em segundo lugar entre os que resgistaram maior número de reclamações, com mais de 39 mil queixas, e os serviços de interesse geral, como a água ou eletricidade, em terceiro, com quase 28 mil.

A compra e venda mereceu mais de 25 mil queixas à DECO e a prestação de serviços quase 12 mil.

Em 2012 as queixas à DECO tinham aumentado 19% para 435 mil, mais que o aumento registado em 2013 face ao ano anterior.