Portugal tem feito um longo caminho em matéria de rating da dívida, para a conseguir retirar da classificação que a deixa pouco apetecível os olhos de potenciais investidores.

Desde junho já houve sinais de alterações em alta, para a dívida de Portugal, por parte da Fitch e da Moody's, que ainda não mexeram no rating mas alteraram a perspetiva para estável para positiva. 

Agora chegou a vez da S&P tomar a decisão que todos esperavam. Uma boa notícia a ser seguida, em princípio pelas restantes agências.

Agência Longo prazo notação Outlook
DBRS BBB (low) Estável
Fitch Ratings BB+ Positiva
Moody’s Ba1 Positiva
Standard & Poor’s BBB- Estável

Descida que surge no dia em que Portugal volta ao mercado. A agência que gere a dívida pública (IGCP) lança esta quarta-feira dois novos leilões, a seis e 12 meses, depois de nas últimas emissões do género terem registado juros historicamente baixos.