A agência de notação financeira Fitch anunciou esta sexta-feira ter elevado a nota da dívida soberana de Espanha, de BBB para BBB+, graças à melhoria das perspetivas económicas e à redução do défice público.

Com esta subida de classificação, a agência de rating situa Espanha três escalões acima do nível em que deixa de aconselhar investimento (lixo), após a melhoria nas condições financeiras e a redução do risco de que o sistema bancário represente uma carga fiscal para a economia.

Acerca do processo de consolidação fiscal, a Fitch destaca o esforço realizado para diminuir o défice fiscal entre 2012 e 2013, anos de recessão económica.