Os sindicatos que representam a maioria dos trabalhadores da PT Portugal sindicalizados entregaram no Tribunal do Trabalho duas ações judiciais, ambas contra a gestão das empresas abrangidas pelo Acordo Coletivo de Trabalho que integram a operadora.

"Face à continuada rigidez da posição do Comité Executivo em manter as alterações às ajudas de custo e a obrigatoriedade do pagamento do subsídio de refeição em Euroticket, o grupo de sindicatos que subscreve estas ações em representação da maioria dos trabalhadores da PT Portugal sindicalizados entregou no Tribunal do Trabalho duas ações judiciais", adiantam em comunicado divulgado esta segunda-feira.

Os sindicatos avançam que entregaram no Tribunal do Trabalho uma ação declarativa, sobre a alteração dos princípios e valores das ajudas de custo, e uma ação interpretativa, relativa ao subsídio de refeição pago em Euroticket (senhas de refeição).

As ações foram interpostas pelos sindicatos dos Trabalhadores do Grupo PT (STPT), Nacional Dos Trabalhadores das Telecomunicações e Audiovisuais (SINTTAV), Nacional dos Trabalhadores Correios e Telecomunicações (SNTCT), dos Trabalhadores das Telecomunicações e Comunicação Audiovisual (STT), Nacional de Quadros das Telecomunicações (TENSIQ) e dos Quadros dos Correios (SINQUADROS).