Luz verde nas bolsas europeias, esta quinta-feira, na expectativa de que o Banco de Inglaterra anuncie hoje um corte de taxas de juro, uma medida aguardada para fazer face ao Brexit. Londres é, no entanto, a praça que menos sobe, à cautela, apenas 0,1%. Em Lisboa, que sobe 0,7%, a estrela da sessão é a Mota-Engil

As ações da construtora dispararam mais de 8% nos primeiros minutos de negociação para 1,836 euros, depois de anunciado que uma empresa francesa vai comprar ativos da Ascendi por 600 milhões de euros. Ora, a Ascendi – que gere concessões de autoestradas – é detida em 60% pela Mota-Engil e em 40% pelo Novo Banco

Em destaque, também as ações da Pharol,  a recuperar das perdas recentes: hoje a subirem 2,4% para 0,169 euros. 

O terceiro título que mais valoriza é a Corticeira Amorim, com os investidores a reagirem aos resultados apresentados ontem: o lucro aumentou 34% no primeiro semestre para 35 milhões de euros. Superou as estimativas e, com isto, a empresa já a bater máximos históricos em bolsa, estando a esta hora cada ação nos 7,779 euros, numa subida de 1,8%.

Na banca, o BCP também recupera, cerca de 1,1% para 0,0185 euros e o BPI sobe 0,7% para 1,118 euros.