Todas as praças europeias arrancaram em terreno positivo, embora Milão e Paris estivessem a ameaçar tombar para o lado das perdas, o que veio mesmo a acontecer. A sessão deverá ser, esta segunda-feira, de fraca liquidez, porque é feriado nos EUA, o Dia da Independência. Com os mercados norte-americanos fechados, normalmente isso tem impacto nas negociações do lado de cá do Atlântico.

O PSI20 valorizava 0,5% na primeira meia hora de transações, com destaque para o desempenho da Pharol, antiga PT SGPS, que disparava mais de 6% para 0,116€, recuperando das perdas recentes.

Nota positiva também para a Galp, a subir 1,5% para 12,69 euros, num dia em que o petróleo está a valorizar nos mercados internacionais. O Brent londrino, que serve de referência para Portugal, voltou hoje passar os 50 dólares por barril.

No setor financeiro, a semana também começou com ligeiro otimismo. O BPI ganhava 0,8% no arranque, para 1,108 euros, e o BCP trepava 0,5% para 0,0188 euros, acompanhando os ganhos da semana passada.

Entre as praças europeias, Londres arrancou a subir 0,4%. Os investidores à espera daquilo que vai dizer amanhã o presidente do Banco de Inglaterra, que vai apresentar o Relatório de Estabilidade Financeira do Reino Unido.

Dados importantes numa altura crucial, de incerteza por causa do Brexit. As atenções estarão mais uma vez viradas para terras de Sua Majestade.

O recuo de 1% de Milão e de 0,2% de Paris puxou entretanto Frankfurt e Madrid para terreno negativo. Veremos se haverá tendência definida durante o dia.