O PSI-20 encerrou a primeira sessão da semana a ganhar menos do que a maioria das pares europeias.
A Bolsa de Lisboa subiu 0,41%, para os 5.178,74 pontos, ajudada pelo setor da banca, Mota-Engil e a PT.

A maior subida pertenceu ao BCP, que trepou 4% para os 0,08 euros por ação. Já o BPI subiu menos, 1,6%, com cada ação a valer 1,42 euros.

Segue-se a Mota-Engil, que avançou 3,8%, fixando o preço dos títulos em 3,95 euros. A empresa anunciou que vai colocar 20% da Mota-Engil África a negociar na Bolsa de Amesterdão a 24 de novembro.

A PT ganhou 3,7%, com as ações a cotar nos 1,45 euros. Esta segunda-feira a Terra Peregrin, empresa da angolana Isabel dos Santos anunciou que alterou as condições da oferta pública de aquisição sobre a PT SGPS. Recorde-se que as condições apresentadas pela empresa foram consideradas «inaceitáveis» pela Oi.

O setor da energia encerrou a negociar no vermelho: enquanto a Galp perdeu 0,96%, para os 11,10 euros, a EDP depreciou 0,1%, nos 3,23 euros por ação.

Na Europa, Londres foi a praça que menos subiu, 0,41%. Madrid trepou 1,8%, Milão subiu 1,3%, Frankfurt apreciou 0,7% e Paris avançou 0,6%.