"Não está em cima da mesa do Governo a possibilidade de abolir portagens, mas procuraremos favorecer a mobilidade para o interior, eventualmente tornando mais eficiente essa mobilidade para as pessoas e para as mercadorias", afirmou, em declarações aos jornalistas, citado pela Lusa.