A produção automóvel caiu 14,1% em maio em termos homólogos, apesar de nos primeiros cinco meses do ano ter aumentado 9,7%, segundo os dados hoje divulgados pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal.

A queda da produção automóvel em maio, para 15.020 veículos, foi comum a todas as categorias. O destaque vai para a queda da produção de automóveis ligeiros de passageiros, que cedeu 11,3% para 10.869, enquanto os veículos comerciais de passageiros recuaram 21,1% para 3.871 e os veículos pesados 13,8% para 280.

Apesar da queda da produção em maio, no total dos primeiros cinco meses deste ano a produção automóvel aumentou 9,7% face ao mesmo período de 2013, «o que corresponde a 75.837 veículos», diz a ACAP.

Do total de veículos produzidos até maio, 96,9% foram exportados, mais 8,8% do que há um ano, sendo a União Europeia o principal destino desses automóveis.