“A Comissão de Trabalhadores está e estará contra a privatização da TAP e tudo fará para, com a unidade dos trabalhadores, desenvolver e apoiar ativamente formas de luta visando impedir a privatização”, refere aquele órgão representante dos funcionários da empresa.