O grupo português Martifer e uma sociedade participada por um empresário russo do setor naval foram os únicos a concorrer à subconcessão dos terrenos e infraestruturas dos estaleiros de Viana, indicou esta segunda-feira fonte da empresa.

O prazo limite para a apresentação de propostas terminou às 11:00 (hora de Lisboa) de hoje, tendo o júri responsável pelo processo aberto duas propostas concorrentes, que serão validadas em definitivo até ao dia de terça-feira.

«As propostas foram submetidas pela AK Consultoria de Gestão, SA [do grupo russo RSI Trading] e pelo Agrupamento constituído pelas sociedades Martifer Energy Systems, SGPS e NavalRia ¿ Docas e Reparações Navais, SA¿, indicou à Lusa fonte da administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).