O Governo vai avançar no próximo ano com a privatização da Carristur, segundo o anteprojeto das Grandes Opções do Plano (GOP) do Governo enviada aos parceiros sociais, a que a Lusa teve acesso.

No capítulo dedicado às privatizações e concessões na área dos transportes pode ler-se: «início dos procedimentos tendentes ao processo de privatização da Carristur Inovação em Transportes Urbanos e Regionais, Lda».

A Carristur é uma empresa detida pela Carris e que se dedica a circuitos turísticos em autocarros panorâmicos nas cidades de Lisboa, Porto, Funchal, Coimbra, Braga e Guimarães.

Em atividade desde 1998, a empresa tem uma frota composta por elétricos históricos, autocarros de turismo de 19, 35 e 50 lugares, autocarros panorâmicos, comboios turísticos e carrinhas de sete e oito lugares.

Além dos percursos turísticos, a Carristur também aluga meios de transporte para grupos, seja para viagens de turismo, visitas de estudo, eventos de empresa, eventos desportivos ou transportes escolares.