A tendência de quebra no número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) manteve-se em junho, havendo menos 1.563 pessoas a receber esta prestação face a maio e menos 45.757 relativamente ao mês homólogo de 2013.

De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto de Segurança Social, 219.374 pessoas beneficiaram desta prestação social em junho, enquanto em maio eram 220.937 (0,71%).

Comparativamente com o mês de junho de 2013, em que foram registados 265.131 beneficiários do RSI, a quebra é mais acentuada, de 20,8%.

A maioria dos beneficiários do RSI encontra-se nos distritos do Porto (61.320) e de Lisboa (38.212) e nos Açores (18.006).

Os dados do ISS, atualizados a 01 de julho e publicados esta quarta-feira à noite no site da Segurança Social, indicam também uma quebra muito ligeira no número de famílias a receber este apoio em junho (0,5%).

Em junho, 93.731 famílias recebiam este apoio, menos 473 do que em maio e menos 16.062 comparativamente ao mês homólogo de 2013 (17%), em que havia registo de 109.793 famílias com RSI.

O maior número de famílias a receber o RSI reside no distrito do Porto (26.439), no distrito de Lisboa (16.353) e nos Açores (5.782).

De acordo com o ISS, o valor médio por beneficiário situou-se nos 90,29 euros em junho e por família em 214,74 euros.