O ano de 2013 não deixa saudades, pelo menos para a banca portuguesa. No conjunto do ano passado, os seis principais bancos - BCP, CGD, BES, Banif, BPI e Santander Totta - registaram prejuízos de 2.134,6 milhões de euros.

Estas são as maiores perdas acumuladas de sempre e que contrastam com os de 1.603,2 milhões de euros registados em 2012.

No ano passado, o BCP registou prejuízos de 740 milhões de euros, a CGD de 575 milhões de euros, o BES de 518 milhões de euros e o Banif de 470 milhões de euros.

Os únicos bancos que não apresentaram contas negativas, mas que mesmo assim viram os seus lucros caírem foram o Santander Totta e o BPI. O primeiro banco lucrou 103 milhões de euros no ano passado, já o banco liderado por Fernando Ulrich perdeu 70% para 67 milhões de euros.