O maior banco de Abu Dhabi considerou hoje que o preço do petróleo pode chegar aos 20 dólares por barril este ano e que o excesso de oferta no mercado vai prolongar-se até 2017.

O preço de referência para o barril de petróleo West Texas Intermediate, a referência no mercado norte-americano, deve oscilar entre os 25 e os 45 dólares por barril no resto do ano, "embora um breve pico em direção aos 20 dólares seja possível", escrevem os analistas do Banco Nacional de Abu Dhabi.

Abu Dhabi é a capital dos Emiratos Árabes Unidos, que detêm 6% das reservas mundiais e pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) desde 1961.

Nigéria anuncia apoio ao congelamento da produção de petróleo para subir preços

A Nigéria anunciou hoje que concorda com a proposta da Arábia Saudita e Rússia sobre o congelamento do nível de produção de petróleo de janeiro, defendendo que o Irão e o Iraque aumentem os níveis de produção.

"Países como o Irão e o Iraque estiveram fora do mercado durante algum tempo e se é para voltarem, não devemos congelar a produção de petróleo ao nível de janeiro, devemos congelar num nível mais alto", disse o ministro da Energia e Petróleo, Emmanuel Kachikwutold aos jornalistas em Doha, a capital do Qatar, citado pela agência Bloomberg.

O maior produtor de petróleo na África Subsaariana anunciou o apoio à ideia avançada pela Arábia Saudita e pela Rússia de congelar a produção de petróleo nos níveis de janeiro, numa tentativa de diminuir a oferta e assim fazer subir os preços, que desceram 75% desde o verão de 2014, de mais de 110 para os 30 dólares por barril.