O menor aumento dos preços dos combustíveis levou a que a inflação em Espanha tenha caído três décimas em agosto, face ao mês anterior, situando-se nos 1,5% em termos anuais, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

A descida da inflação, pelo segundo mês consecutivo, rompe a tendência de aumento que tinha começado no início do ano e que chegou aos 2,1% em maio.

As expectativas do Governo são de que o IPC continue a baixar no resto do ano, chegando a um valor final anual abaixo do 1%.

No que toca ao Índice de Preços do Consumo Harmonizado ¿ medido da mesma forma em toda a União Europeia ¿ o nível caiu três décimas face a julho para 1,6 por cento.