O preço da gasolina vai descer para a semana. Será um alívio muito ligeiro, que se segue ao aumento verificado na entrada do ano, pela evolução das cotações e, também, pelo aumento do ISP - Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos, anunciado a 31 de dezembro. 

Cada litro de gasolina ficará, então, 0,05 euros mais barata, ou seja, meio cêntimo. 

Já o preço do gasóleo ficará inalterado.

Combustível

Preço médio a 5 de janeiro

Preço médio entre 8 e 14 de janeiro

Gasóleo

1,342 €

1,342 €

Gasóleo simples

1,333 €

1,333 €

Gasolina 95

1,539 €

1,489 €

Gasolina 98

1,574 €

1,524 €

O Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP), no caso da gasolina, passou de 548,95 para 556,64 euros por 1.000 litros. Ou seja, por cada litro de gasolina 55,6 cêntimos correspondem ao ISP, sendo que em matéria de impostos acresce ainda o IVA à taxa de 23%. No gasóleo o ISP aumentou de 338,41 para 343,15 euros por 1.000 litros (34,3 cêntimos por litro).

Contas feitas, pela via do ISP, a gasolina sobe 0,9 cêntimos por litro e gasóleo 0,6 cêntimos por litro o que significa um aumento por depósito (50 litros) de gasolina de 4,5 euros, no mínimo mais 18 euros/ mês, e para o depósito de gasóleo 3 euros, mais 12 euros/ mês .

As atualizações dos combustíveis têm, ainda, em conta a evolução semanal das cotações nos mercados internacionais. Não está a ser significativa para o gasóleo mexer de preço e, no caso da gasolina, a mudança existe, mas é muito ligeira.

Esta sexta-feira, o barril de Brent, negociado em Londres e que serve de referência para o cálculo do preço dos combustíveis em Portugal, está a desvalorizar 0,75% para 67,56 dólares.