"A cinco anos, a poupança agregada [pelas 15 empresas] atinge os 64 milhões de euros e, a 10 anos, os 132 milhões de euros, números que evidenciam bem as vantagens da adoção de medidas de eficiência energética".