Os portugueses investem cada vez mais em certificados de aforro. Neste momento, os certificados já rendem mais do que os depósitos a prazo.

De acordo com o «Correio da Manhã», o retorno bruto dos certificados de aforro situa-se, este mês, nos 3,189 por cento.

Este ano, os particulares investiram mais de 81 milhões de euros em certificados de aforro, sendo que 28 milhões foram aplicados só no mês de junho.