Entre os Estados-membros, Portugal registou, a par com o Chipre, a terceira maior queda trimestral do PIB (-0,7%). Em termos homólogos, Portugal tinha registado um aumento de 1,2% do seu PIB.

Esta queda apenas é superada pelos Países Baixos (-1,4%) e pela Estónia (-1,2%).

O Eurostat revelou ainda, esta quarta-feira, que os países com taxas de crescimento mais elevadas face ao trimestre anterior foram a Hungria e a Polónia (1,1% cada), a Dinamarca (0,9%), a Alemanha e o Reino Unido (0,8% cada).

Já a economia da zona euro cresceu 0,2% no primeiro trimestre de 2014, tendo crescido 0,3% na União Europeia, segundo dados divulgados pelo Eurostat.

No quarto trimestre de 2013, o PIB do conjunto dos países que partilham a moeda única tinha aumentado 0,3%, enquanto subiu 0,4% ao nível dos 28.

O boletim divulgado pelo gabinete oficial de estatísticas comunitário confirma a estimativa rápida revelada a 15 de maio, que dava conta do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).