A nova pauta aduaneira angolana, que torna mais cara a entrada de produtos portugueses naquele que é o 4º maior mercado de exportação de Portugal entra em vigor esta segunda-feira.

Economistas e empresários admitem que o agravamento prejudicará as vendas de Portugal, numa altura em que as exportações têm um papel preponderante para a recuperação económica.

As alterações levadas a cabo pelo governo de Luanda aumentam as taxas dos direitos aduaneiros, que revêm as regras da importação temporária e implicam novas taxas na prestação de serviços. A taxa máxima de direitos aduaneiros, por exemplo, aumenta de 30% para 50%.