As contas externas de Portugal atingiram um saldo positivo de 42 milhões de euros até maio, um valor muito inferior ao período homólogo e mais de 200 milhões abaixo do registado em abril, segundo o Banco de Portugal.

De acordo com o boletim estatístico divulgado pelo banco central esta segunda-feira, nos primeiros quatro meses do ano, as contas externas de Portugal tinham registado um saldo positivo de 249 milhões de euros, saldo esse que diminuiu em 207 milhões de euros até maio, para os 42 milhões de euros.

Até maio, a balança corrente registou um défice de 1.225 milhões de euros, valor que compara com um défice de 484 milhões de euros nos primeiros cinco meses de 2013.

Já a balança de capitais, a outra componente da balança externa do país, apresentou um saldo positivo de 1.267 milhões de euros até maio, depois de ter registado um excedente de 1.368 milhões de euros no período homólogo.

No final do ano passado, o saldo das contas de Portugal com o estrangeiro chegou aos 4.293 milhões de euros, um aumento face ao saldo de 539 milhões de euros, registado em 2012.