A Portugal Telecom (PT) SGPS informou esta segunda-feria o mercado de que o Citigroup passou a deter uma participação social inferior a 2% do capital social da empresa, após a venda de ações ordinárias.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a PT frisa que a nova participação social resulta «da alienação, no dia 09 de fevereiro de 2015, pelo Citigroup Global Markets Limited, de 1.608.507 ações ordinárias da PT SGPS».

«Em resultado desta situação, passou a ser imputável ao Citi uma participação social correspondente a 17.910.894 ações ordinárias representativas de 1,9978% do capital social da PT SGPS e correspondentes direitos de voto», sublinha a PT SGPS.

A participação social é imputada ao Citi através de um conjunto de entidades: Citigroup Global Markets Holdings Inc, Citigroup Financial Products Inc, Citigroup Global Markets Europe Limited e Citigroup Global Markets Limited.