Portugal regressa esta quarta-feira ao mercado de dívida, emitindo Bilhetes do Tesouro (BT) a seis e a 12 meses, num montante global indicativo que oscila entre os 1.250 milhões e os 1.500 milhões de euros.

O IGCP, a agência que gere a dívida pública portuguesa, vai realizar hoje dois leilões de BT: um com maturidade em dezembro deste ano e outro em julho de 2014.

A última emissão de BT a seis meses foi realizada em junho, tendo sido emitidos 450 milhões a uma taxa de juro de 1,041%.

Já a mais recente emissão de BT a 12 meses decorreu em maio, altura em que foram colocados 1.250 milhões de euros a 1,232%.

Desde janeiro, Portugal já realizou 13 leilões destes instrumentos de dívida - a três, seis, 12 e 18 meses - tendo arrecadado, no total, 10.500 milhões de euros.