A maior economia da Europa contraiu, o ano passado, mais do que o esperado pelo mercado.

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha contraiu 5 por cento em 2009, mais do que o esperado pelos economistas, que previam uma queda de 4,8%.

Note-se que, em 2008, o crescimento da economia alemã foi de 1,3%.

A par disto, o consumo privado, em 2009, subiu 0,4%. No entanto, o consumo público registou um crescimento de 2,7% face aos 2,1% registados em 2008.