Leilão online de carros usados para particulares

Veículos são catalogados por categorias: jovem, executivos, famílias e seniores

Por:    |   16 de Março de 2009 às 14:56
Chegou esta segunda-feira um novo leilão online de carros usados, dirigido ao segmento particular. A empresa Arval Portugal, do Grupo BNP Paribas, prevê leiloar, ao todo, 7 mil veículos durante este ano.

Em cada leilão, a realizar uma vez por semana, são disponibilizados cerca de 200 veículos, o que equivale a 800 viaturas por mês, totalizando então os 7 mil ao ano.

Pode aceder aqui ao site dos leilões

Este projecto representa um investimento de 500 mil euros e decorre entre as 12 horas de cada segunda-feira e as 23.00 horas do domingo seguinte.

«O consumidor poderá aceder, através da Internet, a uma oferta muito diversificada de uma forma simples, cómoda e seguro, apresentando condições de preço extremamente competitivas», refere a empresa, em comunicado.

Veículos organizados por categorias

Jovem, executivos, famílias e seniores é desta forma que a empresa organiza os seus carros que vão a leilão. Ao mesmo tempo, são «arrumados» tendo em conta as características específicas das viaturas.

Esta iniciativa conta ainda com outros serviços associados, como financiamento, logística e verificação técnica.

«As viaturas compradas serão acompanhadas de garantia, assistência em viagem e cartão de fidelização com vantagens nos parceiros de pneumática e verificação técnica», acrescenta a empresa responsável.

Como funciona

Que veículos vão a leilão? São carros novos adquiridos pela Arval, que passam para leilão quando terminam os contratos de aluguer operacional. A empresa garante que são «de um único proprietário e com a manutenção efectuada na rede de concessionários de cada marca».

Para poder participar neste evento necessita de se registar no Stock2.com, escolher a viatura, fazer a licitação, revelar a opção pela forma de pagamento e o local de entrega do veículo. A empresa permite ainda que os mesmos carros sejam visitados antes de serem leiloados

Durante o evento qualquer proposta é considerada vinculativa, quer seja superior, quer seja inferior ao preço mínimo de venda.

Quando terminar o leilão a proposta pode assumir diferentes estados: vendido (quando a proposta foi a mais elevada), sob reserva (quando a proposta é a mais alta mas inferior ao preço mínimo de venda estabelecido, ficando sujeita a apreciação por parte da Arval) e sujeito a aprovação (melhor proposta mas sujeita a aprovação de crédito).
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Leilões de carros
Leilões de carros
COMENTÁRIOS

PUB
TAP reabre venda de voos para dias de greve

Os sindicatos ligados à TAP reunidos com a administração da empresa, a pedido do presidente. A portaria que decreta a requisição civil na transportadora aérea já foi publicada. Mas, a questão não está encerrada. Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP estão a analisar a possibilidade de contestar em tribunal a requisição civil