O Porto de Sines anunciou hoje que o terminal de contentores registou, no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 43% em relação ao mesmo período de 2013, o que representa o «melhor» resultado da Península Ibérica.

O índice de crescimento do Terminal XXI foi «superior ao dos seus principais concorrentes», os portos espanhóis de Valência, Algeciras e Barcelona, referiu a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) em comunicado enviado à agência Lusa.

Entre janeiro e março, foram movimentados mais de 271 mil TEU (unidade equivalente a um contentor de 20 pés) no terminal gerido pela PSA Sines, filial da multinacional com sede em Singapura.

No geral, o Porto de Sines registou um movimento de 8,2 milhões de toneladas de mercadorias nos primeiros três meses de 2014, traduzindo-se num crescimento homólogo de 6,5%.

Este resultado deveu-se sobretudo ao aumento de 36,5% no segmento da carga geral, com a movimentação de 3,4 toneladas, «compensando a diminuição» nos granéis líquidos e sólidos, indicou a APS.

Com uma variação homóloga negativa de 8,4%, a redução nos granéis líquidos era uma situação «já prevista», segundo a administração portuária, «devido à paragem para manutenção técnica da Refinaria de Sines».

Quanto aos granéis sólidos, que registaram «um ligeiro decréscimo» de 3%, a explicação prende-se com a «diminuição de importação de carvão».

«Ainda assim, foi o melhor trimestre de sempre em tonelagem de mercadorias movimentadas», frisou a empresa.

O Porto de Sines assinalou ainda um aumento superior a 15% no número de navios operados, que passou de 413 no primeiro trimestre de 2013, para 478 no mesmo período deste ano.