A NOS colocou uma providência cautelar contra a Meo devido à suspensão das emissões do Porto Canal, disse hoje à Lusa fonte oficial da operadora de telecomunicações.

A Meo, da PT Portugal, suspendeu no dia 11 de fevereiro as emissões do Porto Canal devido à falta de acordo com a NOS relativamente à comercialização dos direitos de transmissão do canal Benfica TV (BTV) e Sporting TV e dos jogos do Benfica.

A NOS "confirma que colocou uma providência cautelar contra a Meo devido à suspensão da emissão do Porto Canal", disse fonte oficial da operadora de telecomunicações que resultou da fusão da Zon com a Optimus.