Arranca hoje o novo concurso para o arrendamento programa Porta 65 Jovem.

As candidaturas decorrem até ao dia 7 de outubro e o objetivo é facilitar o arrendamento de casa aos jovens, com o programa a suporta uma parte do valor do aluguer mensal.

Os candidatos ao apoio financeiro podem inscrever-se no portal desde que não beneficiem de qualquer subsídio ou apoio à habitação, sejam parentes do senhorio ou tenham qualquer contrato de arrendamento.

O valor das subvenções concedidas pelo programa Porta 65 Jovem, entre dezembro de 2007 (data em que teve início) e outubro de 2015, ultrapassou os 110 milhões de euros, segundo dados do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana.

No próximo ano, tal como o Negócios noticiou, o programa Porta 65 Jovem deverá ter um reforço substancial, com um aumento de pelo menos 50% na sua dotação orçamental, o que lhe permitirá chegar a mais candidatos e, também, alargar os critérios de atribuição, nomeadamente passando a abranger pessoas até aos 35 anos, mais cinco do que preveem as atuais regras.

O reforço orçamental está agora a ser afinado pelo Ministério das Finanças, mas  reuniu já o consenso dentro do grupo de trabalho das Políticas de Habitação, Crédito Imobiliário e Tributação do Património Imobiliário, constituído no Parlamento entre o Governo, o PS e o BE.