As obras no Porto da Baleeira (Sagres) previstas no programa Polis Litoral rondam os dois milhões de euros e são «importantíssimas» tanto para a pesca, como para o turismo, disse o presidente da Câmara de Vila do Bispo.

Em declarações à Lusa, Adelino Gomes informou que a autarquia comparticipa a intervenção de requalificação com um apoio na ordem dos 250 mil euros.

«Esta é sem dúvida uma daquelas obras que não podemos deixar cair e vamos fazer de tudo para que ela se torne realidade o quanto antes», declarou.

O presidente de Câmara de Vila do Bispo classificou a intervenção no Porto da Baleeira como a «grande obra a nível do Polis Litoral» ¿ programa de requalificação urbanística e valorização ambiental - naquele concelho do barlavento algarvio.

«Queremos investir nesta obra, que vai trazer muito mais gente a Sagres e vai criar condições ao Porto da Baleeira, que tão visitado é por turistas e tão utilizado é pelos nossos pescadores e continua completamente desprezado», referiu.

A área de intervenção do Polis Litoral Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina contempla 9.500 hectares divididos entre os concelhos de Sines, Odemira, Aljezur e Vila do Bispo e o valor global de investimento é de 47 milhões de euros.